Novo procedimento descobre se paciente tem dengue em apenas 10 minutos

08 abril, 2013


O teste rápido tem facilitado o diagnóstico clínico e a assistência aos pacientes com a doença

Hospitais públicos do Distrito Federal começaram a implementar o teste rápido para detectar a dengue em pacientes com sintomas da doença. O teste, que fica pronto em aproximadamente dez minutos, tem facilitado o diagnóstico clínico e a assistência aos pacientes com a doença.

Com a implantação desse novo procedimento, que vem sendo utilizado desde o início de março, ficou mais fácil confirmar os casos da doença e, por isso, o número de pacientes diagnosticados com a dengue aumentou consideravelmente. Até o dia 26 de março, foram notificados 3.384 casos suspeitos e deste total 1.296 foram confirmados. Comparado com o mesmo período de 2012, onde foram confirmados apenas 287 casos de dengue, houve um aumento de 351,6%. 
“No exame antigo o diagnóstico só era detectável a partir de sete dias. Mesmo que se fizesse o teste antes disso, o resultado seria negativo. Com o teste rápido, a confirmação (positiva ou negativa) sai em pouco mais de dez minutos. O médico que antes atendia apenas com a abordagem sindrômica (quadro clínico), agora tem a vantagem de tratar um paciente já com o diagnóstico confirmado”, explica o Dr. Dalcy de Albuquerque, chefe do Núcleo de Controle de Endemias da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF).
Ainda de acordo com Albuquerque, apesar de o teste aumentar o número de casos confirmados da doença, o que pode assustar muitas pessoas, isso significa um avanço significativo na assistência. "Os médicos passam a estar mais preparados, sabendo exatamente do que estão tratando. Os pacientes também passarão a se prevenir mais. Não podemos deixar de lembrar que hoje cerca de 90% dos focos de dengue são encontrados dentro das próprias residências", afirma o médico.
Segundo a SES - DF, 80% dos hospitais públicos do DF já implataram o teste rápido.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é importante, porém a responsabilidade desta é totalmente sua podendo haver réplica quando se fizer necessário.Obrigado.

 
 
 

MARCADORES

. (1) 00 PARA ACS E ACE (1) 1.090 (1) Aedes aegypti e a sua piscina. (1) Alerta sobre a dengue. (11) Aline morreu de dengue. (1) Aos vereadores do Recife. (1) Arbovírus (1) Caramujos (1) carros abandonados na rua. (1) casos de denúncias (1) Chicungunha (1) Combate à dengue (196) Como eliminar... (12) concurso público (4) Conferência do Recife (2) Conjuntivite (1) convocação do sindicato (1) dengue e a homoterapia (3) dengue e a medicina (3) Dengue e Chikungunya (7) Dengue e Chikungunya e Zika (3) Dengue e Ciência (5) dengue e leptospirose. (1) Dengue e o Sindicato (1) dengue e tecnologia (2) Dengue em estado de epidemia. (1) dengue em recém-nascido (1) Dengue no sertão (2) Denúncias (4) Dicas de segurança (1) Educação e Saúde. (1) Efetivação de asaces e acss (1) Epidemia de Dengue (5) epidemiológia (2) Estado de abandono (1) Estatuto do Servidor. (1) febre amarela (1) Focos em terrenos baldios. (1) Focos perigosos de Dengue. (1) Gripes (1) Larvicidas (3) Legislações (4) leis (1) Levantamento de Índice Rápido.(LIRAa) (1) mapeamento de ruas (1) maximizar no combate a Dengue. (2) meio ambiente (2) Microcefalia (3) Nomeação (1) Novos Vírus (1) Oswaldo Cruz (1) Outras Endemias (12) Outras endemias. (1) PAGAMENTO DOS ACS E ACE. (1) piso nacional para agentes de saúde (1) PLANO DE CARGOS (1) Politica (10) Politica e Saúde. (70) PQA VS (1) Pragas Urbanas. (2) Prefeitura mantém a proposta de 4% (1) REPELENTE. (3) Resultado da DENGUE no estados (1) Risco de morte (1) Roedores (1) SALÁRIO (1) SALÁRIOS DE R$:1.090 (1) Saúde Pública (13) Servidores da PCR não aceitam 4% (1) Tecnologia no combate à Dengue. (8) UBV-Recife (1) Utilidade Pública (2) Vacinas (3) Vacinas. (1) Verdades e Mentiras (1) Vigilância Ambiental (4) Vigilância Sanitária (1) Viroses (3)

Arquivos

Sérgio Roberto. Tecnologia do Blogger.