Pernambuco teve 72% mais casos confirmados de dengue em 2012

31 outubro, 2012


O número de casos confirmados de dengue em Pernambuco cresceu mais de 70% comparando as primeiras 41 semanas de 2011 com as de 2012, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (23), junto com o lançamento da campanha para combate e prevenção da dengue. A cerimônia contou com a presença dos jogadores de futebol Magrão (Sport), Renatinho (Santa Cruz) e Kuki (ex-Náutico), além do secretário de Saúde, Antônio Figueira, e de representantes do Ministério Público de Pernambuco.

O número de casos totais notificados de dengue no estado no ano passado foi de 33.608, sendo 14.303 confirmações. Neste ano, o número de notificações subiu para 59.554, com 24.613 mil casos confirmados, um aumento de casos confirmados de aproximadamente 72%. "É preciso ter consciência que vamos ter dengue durante muitos anos ainda. Para acabar de vez com a dengue, é preciso ter 100% de saneamento básico, de coleta de lixo e de pessoas com fornecimento regular de água em casa, para evitar precisar guardar. Isso ainda vai levar algum tempo", afirma Figueira.
A quantidade de casos graves e óbitos caiu de um ano para o outro. Em 2011, foram 54 óbitos, enquanto neste ano foram 20 casos, sendo sete no Recife, três em Jaboatão dos Guararapes, três em Olinda e os municípios de Camaragibe, Abreu e Lima, Joaquim Nabuco, Paulista, Jurema, Pesqueira e São Lourenço da Mata apresentaram um óbito cada. O número de casos graves, ou seja, com complicações ou hemorrágicos, caiu de 644 para 184. "Não podemos impedir que as pessoas peguem dengue. Nosso objetivo é diminuir o número de óbitos e casos graves", afirma a diretora-geral de Controle de Doenças e Agravos da secretaria, Roselene Hans.
As cidades de Floresta, Goiana, Feira Nova, Barreiros, Machados e Escada já estão em fase de alerta para uma possível epidemia, de acordo com a Secretaria. "Em novembro do ano passado, já registramos um aumento no número de casos de dengue, aumento que costumava acontecer apenas em março, abril. Por isso, estamos começando a campanha de prevenção mais cedo neste ano", explica o secretário.
Prevenção
A presença dos jogadores de futebol na campanha visa sensibilizar as pessoas para a necessidade de se combater a doença. Dados da SES apontam que 90% dos focos de dengue estão nas residências, por isso a necessidade de se intensificar as ações de conscientização da população. A Secretaria já tem uma parceria com os clubes de futebol da capital pernambucana e faz ações em jogos, com distruibuição de panfletos e colocação de faixas.

Além de intensificar a capacitação dos profissionais de saúde para identificar a doença e investir na compra de materiais, a Secretaria de Saúde vai descentralizar o Comitê de Combate à Dengue, que passa a ter 12 regionais. "No dia 30 de outubro vamos fazer um mutirão para lançar esses comitês", adianta Figueira. Os comitês terão representantes de diversas entidades, como o Ministério Público de Pernambuco. "É preciso que todos juntemos forças para combater a dengue", afirma a representante do MPPE, Helena Capela.
A descentralização do diagnóstico também é um dos pontos que podem ajudar no combate mais eficaz e monitoramento da doença. Os exames já podem ser feitos, além do Recife, em Limoeiro, Caruru, Salgueiro, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, enquanto os municípios de Palmares, Ouricuri, Garanhuns e Arcoverde estão acabando as capacitações para organizar o começo do trabalho. Ao todo, serão investidos R$ 5,8 milhões em ações para prevenção de dengue, além de R$ 6 milhões repassados pelo Ministério da Saúde, de acordo com a SES.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é importante, porém a responsabilidade desta é totalmente sua podendo haver réplica quando se fizer necessário.Obrigado.

 
 
 

MARCADORES

. (1) 00 PARA ACS E ACE (1) 1.090 (1) Aedes aegypti e a sua piscina. (1) Alerta sobre a dengue. (11) Aline morreu de dengue. (1) Aos vereadores do Recife. (1) Arbovírus (1) Caramujos (1) carros abandonados na rua. (1) casos de denúncias (1) Chicungunha (1) Combate à dengue (196) Como eliminar... (12) concurso público (4) Conferência do Recife (2) Conjuntivite (1) convocação do sindicato (1) dengue e a homoterapia (3) dengue e a medicina (3) Dengue e Chikungunya (7) Dengue e Chikungunya e Zika (3) Dengue e Ciência (5) dengue e leptospirose. (1) Dengue e o Sindicato (1) dengue e tecnologia (2) Dengue em estado de epidemia. (1) dengue em recém-nascido (1) Dengue no sertão (2) Denúncias (4) Dicas de segurança (1) Educação e Saúde. (1) Efetivação de asaces e acss (1) Epidemia de Dengue (5) epidemiológia (2) Estado de abandono (1) Estatuto do Servidor. (1) febre amarela (1) Focos em terrenos baldios. (1) Focos perigosos de Dengue. (1) Gripes (1) Larvicidas (3) Legislações (4) leis (1) Levantamento de Índice Rápido.(LIRAa) (1) mapeamento de ruas (1) maximizar no combate a Dengue. (2) meio ambiente (2) Microcefalia (3) Nomeação (1) Novos Vírus (1) Oswaldo Cruz (1) Outras Endemias (12) Outras endemias. (1) PAGAMENTO DOS ACS E ACE. (1) piso nacional para agentes de saúde (1) PLANO DE CARGOS (1) Politica (10) Politica e Saúde. (70) PQA VS (1) Pragas Urbanas. (2) Prefeitura mantém a proposta de 4% (1) REPELENTE. (3) Resultado da DENGUE no estados (1) Risco de morte (1) Roedores (1) SALÁRIO (1) SALÁRIOS DE R$:1.090 (1) Saúde Pública (13) Servidores da PCR não aceitam 4% (1) Tecnologia no combate à Dengue. (8) UBV-Recife (1) Utilidade Pública (2) Vacinas (3) Vacinas. (1) Verdades e Mentiras (1) Vigilância Ambiental (4) Vigilância Sanitária (1) Viroses (3)

Arquivos

Sérgio Roberto. Tecnologia do Blogger.