UFPE, recebe 900 armadilhas contra a dengue

18 outubro, 2011


Novecentas ovitrampas - armadilhas de combate ao mosquito da dengue – serão instaladas, nesta terça-feira (18), nos 30 prédios da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife.
A iniciativa atende ao projeto Zerando a Dengue, da UFPE, em parceria com o Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (Fiocruz) e a Prefeitura do município.


As ovitrampas foram confeccionadas pelos agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces) da Secretaria de Saúde, nas instalações do Centro de Vigilância Ambiental (CVA), que funciona no bairro de Peixinhos, em Olinda. Elas serão encaminhadas para a instalação no campus com a ajuda de profissionais do órgão, além de voluntários da universidade.

Ao todo, 32 agentes orientarão sobre a instalação e manutenção das ovitrampas, assim como o período para o recolhimento dos ovos do mosquito. A estimativa é que as armadilhas sejam utilizadas por um período de dois anos.

“O objetivo é reduzir a infestação do Aedes aegypti no campus, que é um lugar estratégico para a proliferação do mosquito, já que tem muitas plantas e recipientes com água parada, como os copos deixados pelos estudantes”, disse a gerente de Riscos Ambientais Biológicos do Programa de Saúde Ambiental do Recife, Iara Duarte.

Durante este período, a cada dois meses serão feitas as manutenções, nas quais os agentes visitarão a instituição para trocar os tecidos que armazenarão os ovos nas armadilhas de controle. Esse material será incinerado para que não haja o risco de serem descartados no meio ambiente e os ovos eclodam, evoluindo para o estágio do mosquito.

Monitoramento

A primeira etapa deste projeto foi realizada no último dia 30 de setembro, quando foram instaladas pelo Aggeu Magalhães 90 ovitrampas de monitoramento. Esta armadilha conta com palhetas semi-submersas em seu interior, cujo objetivo é recolher e contar a quantidade de ovos de Aedes através do Sistema de Digitalização de Palhetas (SDP), desenvolvido pela UFPE.

De acordo com os organizadores do programa Zerando a Dengue, a ideia é mobilizar a comunidade universitária a participar das atividades de vigilância contra a propagação da doença, integrando-os à Rede Sentinela. Estudantes, docentes e servidores técnico-administrativos podem se envolver nas ações de educação ambiental, de fiscalização das armadilhas sentinelas e na atuação como voluntário para apoio à rede.


Dengue

Até o dia 13 de outubro, foram notificados 5.115 casos de dengue no Recife. No mesmo período de 2010, o número era de 14.441, ou seja, foi observada uma redução 64,6%.

Dos casos registrados, 2.420 foram confirmados com dengue clássica, 34 do tipo hemorrágica e 85 com outras complicações.



Na semana passada, o Ministério da Saúde apresentou um conjunto de ações estratégicas para enfrentamento da dengue neste verão. Entre as medidas está o incentivo aos municípios que cumprirem metas de prevenção e controle, bem como a utilização das redes sociais como ferramenta de alerta.

Este ano será ampliada a realização do LIRAa (Levantamento Rápido de Infestação por Aedes aegypti), que atingirá 556 municípios.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é importante, porém a responsabilidade desta é totalmente sua podendo haver réplica quando se fizer necessário.Obrigado.

 
 
 

MARCADORES

. (1) 00 PARA ACS E ACE (1) 1.090 (1) Aedes aegypti e a sua piscina. (1) Alerta sobre a dengue. (11) Aline morreu de dengue. (1) Aos vereadores do Recife. (1) Arbovírus (1) Caramujos (1) carros abandonados na rua. (1) casos de denúncias (1) Chicungunha (1) Combate à dengue (196) Como eliminar... (12) concurso público (4) Conferência do Recife (2) Conjuntivite (1) convocação do sindicato (1) dengue e a homoterapia (3) dengue e a medicina (3) Dengue e Chikungunya (7) Dengue e Chikungunya e Zika (3) Dengue e Ciência (5) dengue e leptospirose. (1) Dengue e o Sindicato (1) dengue e tecnologia (2) Dengue em estado de epidemia. (1) dengue em recém-nascido (1) Dengue no sertão (2) Denúncias (4) Dicas de segurança (1) Educação e Saúde. (1) Efetivação de asaces e acss (1) Epidemia de Dengue (5) epidemiológia (2) Estado de abandono (1) Estatuto do Servidor. (1) febre amarela (1) Focos em terrenos baldios. (1) Focos perigosos de Dengue. (1) Gripes (1) Larvicidas (3) Legislações (4) leis (1) Levantamento de Índice Rápido.(LIRAa) (1) mapeamento de ruas (1) maximizar no combate a Dengue. (2) meio ambiente (2) Microcefalia (3) Nomeação (1) Novos Vírus (1) Oswaldo Cruz (1) Outras Endemias (12) Outras endemias. (1) PAGAMENTO DOS ACS E ACE. (1) piso nacional para agentes de saúde (1) PLANO DE CARGOS (1) Politica (10) Politica e Saúde. (70) PQA VS (1) Pragas Urbanas. (2) Prefeitura mantém a proposta de 4% (1) REPELENTE. (3) Resultado da DENGUE no estados (1) Risco de morte (1) Roedores (1) SALÁRIO (1) SALÁRIOS DE R$:1.090 (1) Saúde Pública (13) Servidores da PCR não aceitam 4% (1) Tecnologia no combate à Dengue. (8) UBV-Recife (1) Utilidade Pública (2) Vacinas (3) Vacinas. (1) Verdades e Mentiras (1) Vigilância Ambiental (4) Vigilância Sanitária (1) Viroses (3)

Arquivos

Sérgio Roberto. Tecnologia do Blogger.